Triângulo do Sol conquista a maior certificação socioambiental do Brasil

Monday, November 24, 2014


A gestão proativa e preventiva com relação ao meio ambiente acaba de render à Triângulo do Sol o Selo Verde e o Prêmio Socioambiental Chico Mendes 2014, na categoria Gestão Socioambiental responsável.
Considerada a maior premiação brasileira do segmento, a certificação é conferida pelo Instituto Internacional de Pesquisa e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes e visa demonstrar como as empresas podem, através de boas práticas, ajudar a alcançar a melhoria da qualidade de vida.
Os critérios utilizados para o reconhecimento foram parâmetros de sustentabilidade que levaram em conta atividades sociais internas e externas, questões energéticas, hídricas e de resíduos sólidos, gestão ambiental e de negócios, legislação, conservação da biodiversidade, educação ambiental, entre outros.
Segundo a engenheira da AB Concessões, Ani Ster Marquioni, conquistar o Selo Verde e o Prêmio Socioambiental Chico Mendes significa que a concessionária está gerindo corretamente suas atividades do ponto de vista socioambiental. A Triângulo do Sol está focada em minimizar os impactos ambientais e preservar a vida, além de conscientizar os colaboradores e os usuários quanto à importância do meio ambiente", diz.
As concessionárias Rodovias das Colinas e Nascentes das Gerais, que também estão sob a responsabilidade do Grupo AB Concessões, da mesma forma conquistaram a certificação.
A cerimônia de entrega do Prêmio será em dezembro deste ano, na cidade de São Paulo.

Triângulo do Sol I AB Concessões
A concessionária Triângulo do Sol pertence à AB Concessões S/A, que nasceu da união do Grupo Italiano Atlantia (controlador) - um dos maiores em Concessões rodoviárias do mundo e do Grupo Bertin. Entre as principais companhias de concessão de rodovias do Brasil, a AB Concessões administra mais de 1.500 quilômetros de rodovias, sendo responsável pelas concessionárias paulistas Triângulo do Sol (100%), Rodovias das Colinas (100%) e Rodovias do Tietê (50%) e, no Estado de Minas Gerais, a Nascentes das Gerais (100%).

"