Responsabilidade Social

tocar e encantar

Investimentos para um futuro melhor

A trajetória da AB Concessões, por seu histórico de constante apoio à cultura, ao esporte, a projetos sociais e outros eventos relevantes, demonstra como uma atividade empresarial pode estar alinhada com ao desenvolvimento social.

Suas diretrizes de apoios e de patrocínios são uma forma de ordenar os investimentos em projetos às crenças que orientam seu comportamento empresarial, fortalecendo a imagem de suas empresas e desempenhando importante papel para o desenvolvimento do Brasil.

A avaliação dos projetos que podem receber investimentos do Grupo é realizada pelo Comitê de Projetos Sociais que avalia, seleciona e direciona os incentivos fiscais do Grupo. As principais áreas de investimento da AB Concessões são: sociedade, esportes, educação e cultura.

Após ampla avaliação, levando em consideração a relevância dos projetos de acordo com a missão empresarial e a mensuração dos resultados - preponderante para a destinação desses investimentos – o Comitê decide quais projetos sociais receberão o aporte financeiro do Grupo. Entram nesta avaliação, ainda, a localização geográfica do projeto, o número de beneficiários das iniciativas e a capacidade de continuidade de cada projeto. 


Cadastre seu projeto 

Conheça alguns dos projetos apoiados pela AB Concessões


Projeto Cine na Via

Miranda por Miranda

Para promover a magia da sétima arte para quem, geralmente, não tem acesso a esse tipo de entretenimento e com uma programação de qualidade, a AB Concessões, por meio do Projeto Cine na Via, aproxima o cinema das comunidades, contribuindo para a disseminação da cultura no país.

Por este caminho, a população de 15 municípios lindeiros às concessionárias do Grupo, Porto Feliz, Salto, Indaiatuba, Rio das Pedras, Saltinho, São Carlos, Araraquara, Matão, Jaboticabal, São José do Rio Preto, São Sebastião do Paraíso, Passos, Divinópolis, Itaúna e Mateus Leme, puderam conferir este projeto sociocultural patrocinado pela AB Concessões, por meio da Lei Rouanet. 

A carreta, que comporta uma verdadeira sala de cinema, tem capacidade para acomodar 91 pessoas por sessão e possui sistema de som e imagem digital; gerador próprio de energia; dois banheiros; e sala com inclinação e climatização. A programação consiste em filmes variados, nacionais e internacionais, de classificação livre, sendo, preferencialmente, comédias e animações.  

Durante 30 dias de apresentações de filmes, totalizando 150 sessões, o projeto permaneceu dois dias em cada município e atendeu, diretamente, 50 escolas públicas. Os participantes, entre alunos, professores e população em geral, também receberam, gratuitamente, pipoca e refrigerante para animar ainda mais as sessões. No total, mais de 12 mil pessoas participaram do projeto, que percorreu mais de 1.200 quilômetros neste período.

Projeto Cultura e Natureza

O livro Cultura e Natureza - Áreas Protegidas do Estado de São Paulo: RPPNs relata a expedição realizada pelo fotógrafo-naturalista Silvestre Silva, acompanhado de seus assistentes-viajantes, numa verdadeira busca por informações e registros visuais e vivenciais, em campo e por diferentes regiões do território paulista.

O intuito do livro é o de introduzir o leitor no universo cultural e ambiental no qual as Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) estão inseridas e conscientizar sobre a importância da preservação destes espaços, para depois mergulhar no roteiro percorrido pela expedição no Estado, no qual o fotógrafo e seus assistentes tiveram a oportunidade de visitar as reservas presentes na obra. A segunda parte da publicação, na qual são abordadas as particularidades de cada unidade de conservação, possui dois textos: um no qual o fotógrafo apresenta um breve relato de sua visita a cada uma das propriedades, seguido de outro mais informativo que aborda detalhadamente as realidades de cada reserva. 

O material foi produzido por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com apresentação e patrocínio da AB Concessões e foi distribuído para estudantes e professores das redes públicas de ensino das cidades de Itu, Tatuí, Piracicaba, Matão, Araraquara, São José do Rio Preto, Sertãozinho e Pitangueiras. O material também recebeu o patrocínio é da Companhia de Navegação Norsul e o co-patrocínio das empresas Engie Brasil Energia e Banco ING.

Este projeto é fruto do esforço realizado, desde 2014, pela associação que representa os RPPNistas do Estado de São Paulo, a Frepesp, que, em parceria com a editora Bela Vista Cultural, obteve aprovação de edição pelo Ministério da Cultura, e contou com apoio da Fundação Florestal e do WWF-Brasil para sua realização. 

Novos Cielos

Bingo: O Rei das Manhãs

Miranda por Miranda

O filme, Bingo: O Rei das Manhas, conta a história de um ator que sonha em estar debaixo dos holofotes. Ao ser escolhido para representar um palhaço internacionalmente famoso em um programa de televisão, seu contrato o proíbe de revelar sua identidade ao público. Famoso apenas quando está maquiado, ele é incapaz de alcançar a fama que passou a vida perseguindo. O programa logo se torna líder de audiência, mas isso faz com que ele se afaste cada vez mais do próprio filho, Gabriel, que vê seu pai mais pela televisão do que pessoalmente. 

Cheio de cores vibrantes e de referências à cultura pop da TV brasileira nos anos 80, o filme mostra a vida de um artista extremamente talentoso que trazia alegria para milhões de crianças em todo o país, menos para seu próprio filho. Inspirado na vida de Arlindo Barreto e interpretado por Vladmir Brichta, Bingo: O Rei das Manhas é um filme sobre o homem por trás da máscara, um conto de superação, uma história sobre um homem cuja vida é salva pelo amor de seu filho.

Boca de Ouro

Uma montagem do clássico teatral, Boca de Ouro, de Nelson Rodrigues, com direção de Gabriel Villela, Boca de Ouro é uma tragédia carioca sobre um bicheiro, interpretado por malvino Salvador, que trocou todos os dentes naturais da boca por dentes de ouro. Quando ele é assassinado, sua vida é revirada por um repórter sensacionalista, que conhece a ex-amante do contraventor, capaz de contar diferentes versões da mesma história. Mel Lisboa, Claudio Fontana, Chico Carvalho, Leonardo Ventura, Mariana Elizabetsky, Cacá Toledo, Jonatan Harold e Guilherme Bueno completam o elenco.


Miranda por Miranda

Miranda por Miranda

Neste musical sobre a carreira de Carmen Miranda, a atriz, pesquisadora, escritora e diretora Stella Miranda apresenta textos curtos e 28 canções. ‘Miranda por Miranda’ mostra a artista através da perspectiva de Stella, responsável pelo texto e direção, e de Miguel Falabella, que concebeu o espetáculo como um presente a ela. O premiado maestro Tim Rescala é o responsável pela revisão histórica desse repertório, e chegou a receber o Prêmio Shell pela direção musical da peça.

A Tempestade

A clássica peça de William Shakespeare ganha roupagem especial com a atuação de atores reconhecidos como Claudio Fontana, Marcelo Antony e Francisco Cuoco. Escrita entre 1610 e 1611, foi a última peça escrita pelo dramaturgo inglês. A obra se passa numa ilha remota, onde Próspero, duque de Milão por direito, planeja restaurar sua filha, Miranda, ao poder utilizando-se de ilusão e manipulação. O desenrolar do enredo é surpreendente nesta que por muitos é considerada a obra-prima de Shakespeare. Uma historia de dor e reconciliação.

A Tempestade

Projeto Tocar & Encantar

Exposição Design Italiano

O Tocar & Encantar, que teve início em 2015, é um projeto da Forma Cultural, aprovado pelo Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet, patrocinado pela concessionária AB Colinas. Em Itu, ele é realizado em parceria com a Prefeitura Municipal de Itu, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Promoção Social. Em 2018, a iniciativa também chegou a Indaiatuba, contando com o Governo Municipal da cidade como parceiro.

A ação leva o ensino e o aprendizado da música com qualidade (violão e flauta doce) para jovens, de 12 a 16 anos de idade, estudantes da rede pública de ensino, como meio efetivo de acesso à cultura e à arte e inclusão social. Além das aulas de violão e de flauta doce, o Tocar & Encantar fornece lanches e uniformes para os estudantes e também doa os instrumentos para que os educandos possam estudar e treinar em casa. 

Neste ano, o projeto oferecerá 50 vagas em cada cidade. As aulas acontecerão todas as terças e quintas, nos períodos da manhã e tarde, para atender os alunos no período em que não estão na escola e, também, a cada quinze dias, aos sábados de manhã. Para se matricular, o aluno deve estar cursando a escola da rede pública.

Projeto Novos Cielos

A AB Concessões também apoia o esporte nacional, ao lado do tricampeão mundial e único campeão olímpico da natação brasileira, Cesar Cielo. Ele é o grande mentor do projeto "Novos Cielos". O projeto começou a ser desenvolvido a partir de três núcleos no Estado de São Paulo – Santa Bárbara D’Oeste, Limeira e São Paulo – que já realizavam bons trabalhos na natação, esporte muito praticado no País por crianças e jovens. O objetivo do Novos Cielos é apoiar talentos da natação, com treinamento especializado para crianças e adolescentes e a participação em competições das categorias de base.

O núcleo do Novos Cielos do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo, já disputou três competições desde o início do Ano III do projeto, aprovado pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte. E, em todos os torneios, conseguiu resultados que mostram a evolução do trabalho de formação feito pelo Instituto Cesar Cielo, criado pelo campeão olímpico e mundial e recordista mundial Cesar Cielo. O Novos Cielos tem o patrocínio de empresas que investem no Brasil pelo esporte, como a AB Concessões.

Exposição Design Italiano

Castelo Rá-Tim-Bum

Castelo Rá-Tim-Bum

A mostra Castelo Rá-Tim-Bum – a Exposição é uma homenagem ao programa infantil da TV Cultura, que completou 20 anos em 2014. Castelo Rá-Tim-Bum foi único por sua qualidade artística, técnica e pedagógica cultural, num momento em que a TV não tinha a tecnologia atual. Os 20 Anos de Castelo Rá-Tim-Bum liga os aspectos histórico e artístico, por meio da exibição de suas peças originais, figurino dos personagens junto à construção de um ambiente lúdico convidando o visitante a vir nesta viagem.

Documentário: Brasil 2050

Brasil 2050 é uma série para televisão em que são apresentados projetos bem-sucedidos sobre práticas sustentáveis e reconhecidas pela comunidade onde ocorrem, com temas norteadores baseados no Visão Brasil 2050, documento que tem o propósito de apresentar uma visão de futuro sustentável e os caminhos para alcançá-lo. O documentário foi patrocinado pela Syngenta e AB Concessões, através do Audiovisual Canal Curta! e foi produzido em parceria com o Conselho Empresarial Brasileiro para o Direito Sustentável (CEBDS). http://cebds.org/comunicacao/brasil-2050/

Documentário: Brasil 2050

Projeto Nossa Via

Exposição Design Italiano

O objetivo do Projeto Nossa Via é a produção e a distribuição de dois livros educativos ilustrados pelo cartunista Ziraldo. O primeiro livro, denominado "Oh! Que aventura!!”, baseado na obra “A Turma do Pererê", é destinado às crianças e traz histórias com personagens fictícios do folclore brasileiro, que envolvem temas relacionados à cultura, trânsito e cidadania. O segundo, "Livro do Professor", é voltado para professores e serve como "guia" para que seja possível criar uma interação dinâmica entre aluno e professor em sala de aula, facilitando o aprendizado, além de orientar sobre a realização de atividades participativas, como leituras, brincadeiras e exercícios. 

Na primeira edição do Projeto, que aconteceu em 2016 e 2017, foram impactados 80 mil estudantes e quatro mil professores em 256 escolas atendidas. Em sua segunda edição, o Nossa Via já atendeu os municípios de Matão, Taquaritinga, Catanduva e Bebedouro, em 2018. Agora, além da distribuição de 53 mil livros da Turma do Pererê para alunos e professores das redes públicas de ensino, em 12 cidades de São Paulo e Minas Gerais, o Nossa Via está promovendo apresentações de teatro de bonecos por meio da premiada Cia Animalenda. Em 2019, o Projeto percorrerá outros municípios no estado de São Paulo, como Boituva, Cerquilho, Rio Claro e Tietê, e em seguida atenderá Divinópolis, Itaú de Minas, Itaúna e Passos, em Minas Gerais. No total, serão 120 apresentações teatrais sobre a temática do livro nas escolas e em praças públicas. A população que participar dos eventos públicos também receberá exemplares do livro da Turma do Pererê.

Exposição Design Italiano

A exposição Design Italiano visa mostrar ao visitante o universo do design, desde sua origem e evolução no contexto dos aspectos culturais e sociais da cultura italiana. Serão apresentados os grandes designers que, por meio de sua criatividade e talento, fizeram com que o design italiano fosse reconhecido em todo o mundo. Este processo resultou o que é considerado “Made in Italy” – um mito que domina o design contemporâneo. De Bruno Munari a Ettore Sottsass, de Pininfarina a Giorgio De Chirico, Carlo Mollino e Gio Ponti estarão presentes na exposição, sediada no Instituto Tomie Ohtake. O público verá ao longo da exposição o processo criativo que levou ao desenvolvimento de vários objetos considerados ícones nas décadas de 40, 50 e 60, através de objetos originais, desenhos, esboços, cartazes e fotografias, totalizando cerca de 90 obras.

Exposição Design Italiano

Tim Maia – O Filme

Exposição Design Italiano

O grito de guerra de Tim Maia ainda ecoa nas festas de todas as gerações, idades e classes sociais, onde sua música é sinônimo de alegria e romance. Transgressor, amoroso e debochado, Tim se consagrou como um dos artistas mais queridos e respeitados da música brasileira. Desde a adolescência, quando desembarcou em Nova York sem falar uma palavra em inglês, Tim Maia sempre fez o que queria, com quem e quando queria, e pagou um preço alto por sua liberdade. Mas, depois de sua passagem, a música brasileira nunca mais foi a mesma.

Um Réquiem para Antônio

A inveja obsessiva que o compositor italiano Antonio Salieri (1750-1825) tinha do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) ganha o palco sob a direção de Gabriel Villela. Nos últimos dias de sua vida, trancafiado em seu quarto, Salieri, de forma delirante, acerta contas, no leito de morte, com o ‘fantasma’ ou ‘a visão’ daquele que, morto 34 anos antes dele e precocemente (perto de completar 35 anos de vida), foi para Salieri um alvo de peçonha: Mozart. A peça aponta o lado mítico da inveja, trazendo um Salieri sombrio, confuso e frágil em contraponto a um Mozart gozador, confiante e ágil.

Exposição Design Italiano